top of page

IDIOMAS

IMG_20180628_132559060[1].jpg

    A ciência desmitificou até o medo de muitos pais de que as crianças podem confundir as duas línguas. Muito pelo contrário, elas entendem bem em quais situações comunicativas devem utilizar cada idioma, sem atropelos.

   Os benefícios trazidos pela prática ao desenvolvimento cognitivo de bebês e crianças através dos idiomas, já são mais que certos. E ainda tem mais: quanto mais cedo, melhor. Um estudo realizado na Universidade da Colúmbia Britânica buscou verificar como os bebês percebem a linguagem e como essa percepção molda seu aprendizado, notando que crianças nascidos de mães bilíngues são capazes de registrar as diferenças entre os dois idiomas ao ouvirem suas expressões.

     Crianças bilíngues desenvolvem habilidades que vão muito além de vocabulários dobrados, incluindo o aprendizado de diferentes maneiras de solucionar problemas lógicos ou mesmo de lidar com tarefas múltiplas (parte da chamada função executiva do cérebro). Em outras palavras, crianças bilíngues desde cedo mostram um desenvolvimento precoce da função executiva, tornando-se cognitivamente mais flexíveis que as monolíngues.

Estas atividades são inclusas na mensalidade.

Inglês

Com as fronteiras linguísticas desaparecendo a cada dia pela facilidade de se conectar a outras culturas, o domínio do inglês se torna mais e mais fundamental. Inglês já na educação infantil, com a abordagem correta e respeito às especificidades de cada criança, só traz benefícios.

Aqui os pequenos aprendem com estímulos visuais, mídias, games, jogos físicos lógicos e sempre no final de cada aula envolvemos atividades físicas.

bottom of page